Notícias

Notícias

25
Jun

1 fórum Nacional de Ambiente e Lítio chega à América do Sul (GYBC – Elaine Santos)

O RETRATO DA FEBRE DO LÍTIO EM PORTUGAL TEM AS FEIÇÕES DA FALTA DE COMPROMETIMENTO DOS SEUS GOVERNANTES Todo tipo de extrativismo gera conflitos, os latinos americanos aprenderam quanto valem seus recursos em virtude de todas as espoliações que ainda perpassam a nossa história. Contudo, esta não é uma especificidade das colónias. Já dizia Traspadini (2016: 31) Humanizar e desumanizar, conquistar e libertar, guerrear e interagir, são possibilidades cuja opção está sempre nas mãos daqueles que detém um maior desenvolvimento das forças produtivas e tecnológicas. Portugal não detém as forças produtivas mais avançadas, deste modo lhe cabe o papel de...
Read More
16
Mai

Governo está a “cometer um erro grave” na mineração de lítio (Jornal do Centro)

O presidente da Quercus, Paulo do Carmo, acusou na quarta-feira (15 de maio) o Governo de estar “a cometer um erro grave e crasso” ao “leiloar um território de milhares de hectares” a pretexto da exploração de lítio. “Estamos perante um dos maiores atentados ambientais dos últimos anos. Se não pararmos este processo e esta fúria de Lisboa em termos de licenciamentos, muitos danos serão irreparáveis”, afirmou Paulo do Carmo, em Viseu, durante uma conferência de imprensa organizada conjuntamente com a associação Ambiente nas Zonas Uraníferas (AZU). Ler mais
15
Mai

Quercus e AZU denunciam fraude na corrida è mineração de lítio (Ambiente Magazine)

Portugal, um país ainda massacrado pelo passivo ambiental deixado por diversas explorações mineiras dotadas ao abandono, não pode ceder à exaltação de um regresso à mineração sem controlo e fora dos parâmetros de sustentabilidade, é o que defendem a Quercus e a AZU. Minas de Urânio, de Carvão, de Volfrâmio, de Zinco (para além das Pedreiras) abandonadas e fora de qualquer controlo ambiental, e que em muitos casos contaminam e poluem o ambiente há mais de 50 anos, são exemplo de uma corrida à exploração de minério que sempre teve como linha de orientação principal a obtenção de lucro máximo...
Read More
03
Mai

Quercus. Fortescue ainda tem pedidos de prospeção de lítio em Portugal (Dinheiro Vivo)

Australiana Fortescue desistiu da prospecção de lítio no Alto Minho. Zona abrangia território declarado pela UNESCO como Reserva Mundial da Biosfera A Quercus congratulou-se hoje com a desistência da Fortescue de prospeção de lítio na zona de Fojo, no Alto Minho, alertando que a empresa tem ainda outros pedidos de prospeção e pesquisa em Portugal que aguardam decisão. Ler mais

You are donating to : Greennature Foundation

How much would you like to donate?
$10 $20 $30
Would you like to make regular donations? I would like to make donation(s)
How many times would you like this to recur? (including this payment) *
Name *
Last Name *
Email *
Phone
Address
Additional Note
paypalstripe
Loading...